quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

EXONERADO POR ACREDITAR NA CURA GAY

  No Rio de Janeiro o cerco contra qualquer pessoa que tenha opinião contrária ao grupo LGBT, vai ser perseguido. O  secretário da pasta de Ass. Social e Dir. Humanos, o deputado  e pastor  Ezequiel Teixeira, foi exonerado por acreditar na cura gay.O gov. Pezão o exonerou do cargo nesta quarta-feira,17 Fev.   As suas (sic), "posições homofóbicas" levaram o governador a tomar a decisão.  Estranhamente, toda opinião contrária aos interesses desse grupo,  será considerada como homofóbica.



Pastor Teixeira,  é deputado federal pelo Partido da Mulher Brasileira(PMB) .Ele chegou a comentar que "havia sido convidado" para o cargo, e que aqueles que o chamaram "sabiam de suas convicções"

Abaixo, e ao lado, vemos educadores em Roraima atentos examinando material didático pra evitar que passe coisas sobre a ideologia de gênero, e chegue   no aluno, JÁ QUE AINDA NÃO É LEI,ENTÃO LÓGICO, NÃO TEM QUE CONSTAR EM LIVRO NENHUM.Coisas do MECuiavélico MEC, e da "pátria educadora", que insiste em fazer lavagens cerebrais em nossas crianças nas escolas.
Turma atenta em Roraima,fiscalizando o material






Nenhum comentário:

Postar um comentário