sexta-feira, 4 de novembro de 2016

ELAS CANTAM,DEPOIS MANDAM BALA NO ESTADO ISLÂMICO



Elas são curdas,integram uma força  de 600 combatentes. Primeiro elas cantam bem alto pros tarados e pedófilos do Estado Islâmico ouvirem usando um altifalante,os tarados enlouquecem e lançam artilharia pesada na direção em  que elas estão,elas continuam cantando, e só depois respondem ao fogo com muita bala e artilharia pesada tb. É que os caras odeiam músicas,cantar e ouvir ficou proibido desde 2014 em zonas da Siria controladas por eles, e vindo de mulheres aí e que eles ficam doidos mesmo.Rsrsrsrs
Uma delas, Mani Nasrallahpour,21,que é uma das 200 mulheres COMBATENTES DO CURDISTÃO ( Os Peshmerga),disse à agência Reuters:

"Queremos mostrar-lhes a nossa fúria. Dizer ao Estado Islâmico que não temos medo"

Elas deixaram suas casas,famílias,cidades,pra fazer parte da linha de frente do combate sunita aos JIHADISTAS do EI. Fazem parte da coligação liderada pelos Estados Unidos pra retomar o controle de Mosul.
Elas querem vingar aquelas que sofreram abusos nas mãos dos possessos tarados militantes do EI

Mani Nasrallahpour, segurando uma AK-47,acrescenta:

"Lutamos para proteger o nosso território, seja o Curdistão do Irão ou do Iraque. Não interessa se é o Estado Islâmico ou outro grupo qualquer a ocupar o nosso território"

Nenhum comentário:

Postar um comentário