domingo, 5 de julho de 2015

ELE SALVOU 669 CRIANÇAS JUDIAS NA 2ª GUERRA

Nicholas, com uma das crianças que salvou em Praga.
Pense na satisfação com que  escrevo sobre NICHOLAS WINTON, cujo nome escrevo com letras garrafais,britânico nascido de pais com descendência judaico-alemã,um homem simples,de ganhos modestos,mas muito grande na nobreza e no caráter,pois ao ver crianças judias indefesas e ameaçadas pela ocupação nazista,abandonou o lugar onde tinha ido esquiar ,após ter recebido um telefonema de um amigo avisando-o do que estava acontecendo. Uma pergunta sua passou pra História com certeza. Ao ficar a par dos fatos e do perigo que as crianças estavam correndo perguntou: "Quem está cuidando das crianças?"

A Europa tinha sido invadida,poucos dias antes um acordo havia sido assinado entre potências Européias.Era o acordo ,o tratado de Munique, que permitia aos nazistas a anexação do território Checo, conhecido como Sudentenland.  O primeiro ministro Britãnico empolgado com o acordo chegou até a prever  o que o acordo com Hitler traria : "Paz para o nosso tempo"

Nicholas Winton que se encontrava em Praga em 1938,não mediu esforços por salvar aquelas crianças.Ele e seu grupo entraram em contato com os pais dessas crianças por meio dos jornais da época,avisando que eles queriam ajudar arranjando pessoas em outros países pra adotar aquelas crianças. Milhares de pais ao saber que podiam salvar ao menos seus filhos,atenderam a solicitação,e compareceram aos milhares ,enfileirados, na porta do quarto de hotel onde Nicholas estava hospedado. Nicholas e  equipe começaram com os contatos.Muitos países disseram não,inclusive os Estados Unidos.Nicholas chegou a comentar o fato em uma reportagem dizendo que se os E.U.A tivessem estendido a mão, ele teria salvo no mínimo 2.000 crianças e ñ somente aquelas 669. A Suécia recebeu várias(took in),a Grã-Bretanha tb.  O primeiro trem com o primeiro grupo de crianças saiu de Praga em Março de 1939.O último,com  pelo menos 250 crianças a bordo saiu em Setembro de 1939,mas foi interceptado pelos nazistas que já haviam ocupado A Polônia dois dias antes, e não  se teve mais notícias daquelas crianças,que certamente foram enviadas para os campos de concentração nazistas pra serem mortas nas câmaras de gás.  Nicholas foi pressionado por rabinos que não acreditavam na seriedade que havia no caso e até fizeram pressão para  que ele parasse  com as adoções. É que as crianças estavam sendo adotadas por famílias cristãs e isto deixou os rabinos Judeus muito irritados e enciumados. Nicholas  lhes respondeu  que ñ ia parar e lhes disse que se eles,rabinos preferiam aquelas crianças mortas a verem-nas vivas e   adotadas por famílias cristãs, isso era problema deles. Nicholas foi em frente com seus contatos  pra adoção e levantamento de fundos para o envio daquelas crianças indefesas.
"O WINTON TREM", com placa avisando o percurso
Praga-Londres,foi preparado em homenagem  a esse
homem de grande caráter,que está de gravata e cabelos brancos.

NICHOLAS WINTON ,nasceu em Maio de 1909.Morreu aos 106,dia 1º de Julho de 2015.
Nunca se gabou disso.Guardou segredo por décadas.

Tiro meu chapéu pra vc, Sir NICHOLAS WINTON.




Nenhum comentário:

Postar um comentário